SEAMOS AMIGOS

Editar mi perfil

Uma dieta antiansiedade é possível

Por Paula Andaló, Autora do MyDiet™ -
Uma dieta antiansiedade é possível

“Ansiedade” é uma palavra muito comum. A maioria de nós pode dizer que já sentiu essa emoção durante uma entrevista de trabalho, um teste importante ou um encontro. Quando esse sentimento começa a dominar você e você começa a se sentir dessa maneira com mais frequência, pode ser um sinal de uma desordem emocional, que pode ser reduzida através de uma dieta balanceada.

A ansiedade é um distúrbio caracterizado por sentimentos contínuos de angústia, desânimo e nervosismo. Embora seja, primeiramente, um distúrbio, esse sentimento também pode afetar o físico. A ansiedade pode afetar vários órgãos e pode causar sintomas, como taquicardia (batimentos cardíacos mais acelerados), dor de estômago, dor de cabeça, diarreia ou constipação.

Especialistas afirmam que a ansiedade pode ser controlada evitando-se aqueles fatores que a intensificam:

Uma dieta não equilibrada

É necessário que haja um equilíbrio entre carboidratos, gordura, proteína, vitaminas e minerais para o funcionamento adequado do sistema nervoso.

Refeições irregulares

Por exemplo, se você se alimentar somente duas ou três refeições por dia, haverá um intervalo significativo entre as refeições. Dessa maneira, seu estômago ficará vazio, o que pode intensificar a sensação de ansiedade.

Uso de estimulantes

Álcool em excesso, tabaco e o uso inadequado de estimulantes, como cafeína e guaraná, podem impedir o relaxamento e gerar uma sensação de ansiedade.

Falta de descanso

Dormir o suficiente é essencial para diminuir ou impedir a sensação de ansiedade.

Além desses importantes fatores, sua dieta pode ser uma arma fundamental para ajudar você a combater a ansiedade:

  • Tente se alimentar 5 ou 6 vezes por dia, mantendo refeições regulares. Aconselha-se, também, adiar alguns minutos o horário de sua refeição, quando começar a sentir fome.
  • Dedique o tempo apropriado para degustar sua refeição e faça da alimentação um processo organizado.
  • Tire os pratos para servir da mesa assim que seu prato for servido.
  • Evite conversas excessivas à mesa após as refeições.
  • Planeje seu cardápio com antecedência. Assim, você reduzirá sua preocupação em pensar o que comer cada dia.
  • Entre as refeições, faça atividades, nas quais não seja possível comer ao mesmo tempo.
  • Evite situações estressantes que possam causar ansiedade e/ou fazer com que você coma mais do que o necessário.

Se estiver naqueles momentos de profunda ansiedade, respire fundo ou vá fazer uma caminhada, se tiver tempo. Retomar o seu autocontrole ajudará você em sua dieta e, também, a resistir à primeira tentação de "consolo" (ou seja, comer algo fora do planejado).

 

INSCRÍBETE YA AL NEWSLETTER
Recibe alertas y noticias de Dietas y Nutrición a tu correo

Enviamos un correo de bienvenida a {{email}}, pero al parecer ese destinatario no existe.

¿Es correcto este email?

Publicidad